Botafogo vence o Madureira no São Januário: 2 a 1

24 de janeiro de 2014

#Futebol #Campeonato Carioca


Em jogo antecipado da quarta rodada do Campeonato Carioca, Botafogo vence por 2 a 1 o Madureira. Os times entraram em campo nesta quinta (23), no estádio São Januário. O jogo aconteceu com duas semanas de antecedência a pedido do Botafogo.

O time principal do Botafogo, que esticou a pré-temporada durante as duas primeiras rodadas do Carioca, fez sua primeira apresentação diante de sua torcida e agradou no São Januário.

O primeiro gol da partida foi marcado pelo estreante Jorge Wagner, camisa 10 do Botafogo, aos 27 minutos do primeiro tempo. Com um primeiro tempo movimentado e com poucos erros de passe, o jogo esfria após o gol do Botafogo.

Logo no início do segundo tempo, Henrique faz o segundo gol do Botafogo, marcando o primeiro dele no time. Após o passe de Júlio César, Henrique marca de cabeça. O time continua animado após dois gols e continua dominando o jogo no segundo tempo.

O Madureira altera o placar com um gol de Carlinhos. O camisa 10 dominou a bola, adianta e chutou para o gol. Jefferson não conseguiu chegar a tempo. Durante o jogo, o time havia perdido oportunidades de gols, mas no final do segundo tempo consegue marcar pelo menos um.

O curto período de intervalo entre os jogos da segunda rodada e o de hoje, antecipado, levou o sindicato dos atletas do Rio a entrar com liminar na Justiça do Trabalho pedindo o adiamento do jogo. O sindicato argumentou que há uma regra da CBF que determina descanso de 66 horas entre uma partida e outra – o que Botafogo e Madureira, que jogaram na terça-feira, não cumpriram. O pedido não foi atendido.


Fonte: Agência Brasil (via portal EBC)

Em 2013, 14 obras foram retiradas da matriz da Copa

18 de janeiro de 2014

Esporte



Em 2013, 14 obras foram retiradas da matriz da Copa
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-18/em-2013-14-obras-foram-retiradas-da-matriz-da-copa
Jan 18th 2014, 10:28


Pedro Peduzzi e Marcelo Brandão

Repórteres da Agência Brasil
Brasília - Em sete anos de preparação para a Copa do Mundo, a Matriz de Responsabilidade sofreu uma série de alterações. Na última, em novembro de 2013, 14 obras foram retiradas do documento, que representa o compromisso de cada cidade com projetos considerados imprescindíveis para o torneio. Dentre as obras retiradas da matriz, a maioria trata de mobilidade urbana. De acordo com o Ministério do Esporte, no entanto, nenhuma dessas obras deixará de ser concluída.
"As obras excluídas da matriz passam a fazer parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e serão entregues à população, pois são projetos, em sua maioria, já previstos pelo Poder Público para melhorar a infraestrutura e os serviços de transportes nas cidades", explicou o órgão, por meio de sua assessoria.
Na opinião de Paulo Henrique Azevedo, coordenador do Laboratório de Gestão do Esporte, da Universidade de Brasília (UnB), faltou um planejamento maior ao Brasil. "Tudo que nós observamos de benefícios, de falhas e de impacto que a Copa está proporcionando se relaciona com gestão, uma atividade fundamental para esse tipo de evento. Nós temos problemas para fazer uma série de tarefas onde, inclusive, não faltam recursos".
Azevedo cita a tentativa brasileira de sediar as Olimpíadas de 2000 como um exemplo do que poderia ter sido feito. Ele acredita que um grande projeto, com previsão de vários eventos esportivos ao longo dos anos, daria mais garantia aos comitês desses jogos e, também, ao próprio país, de que tudo sairia como o previsto.
"Para os jogos de 2000 não vingou, mas olha quanto tempo se passou. Poderíamos ter feito um projeto consistente para o Pan-Americano de 2007, para a Copa do Mundo e para as Olimpíadas [de 2016]. Se o país apresenta um projeto para 2007, já sinalizando que pretende pleitear eventos maiores, as chances de ganhar se ampliam. Além disso, fica muito mais fácil entender que é um projeto sério, plausível", analisa o coordenador.
Paulo Henrique entende que um dos maiores legados da Copa é justamente a consciência da necessidade de investimentos em gestão, em planejamento a longo prazo. Para ele, os problemas ocorridos na preparação da Copa de 2014, pode ser um aprendizado para outro evento de grande porte que ocorrerá no país: as Universíades de 2019. "A equipe responsável por planejar as Universíades de 2019 deveria se reunir no começo de 2014 para tratar do evento. As coisas não podem acontecer quando a imprensa começar a pressionar, questionando se vai dar tempo. Não pode ser assim, na pressão. Tem que ser na organização".
Azevedo acredita que o Brasil sairá fortalecido da Copa do Mundo e que a população não veria tantas melhorias em tão pouco tempo. "Obras de saneamento básico nas capitais, estrutura de transporte, aeroportos. Se não houvesse essa Copa, nós dificilmente estaríamos nos mobilizando e pressionando para a coisa acontecer".
Essa opinião é compartilhada por gestores das cidades-sede, como o secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo da Bahia, Ney Campello. Ele explica que as obras do metrô de Salvador não estavam previstas na Matriz de Responsabilidade. O que havia era uma obra para 19km de Transporte Rápido por Ônibus (BRT), que saiu da matriz e foi substituído, no PAC, pelo metrô. "Não temos o metrô na matriz, mas a agenda do evento atuou acelerando esses projetos. Para a Copa teremos 7,5 quilômetros [km] de metrô funcionando, de uma malha metroviária total de 34 km".
O secretário especial da Copa 2014 no Ceará, Ferruccio Feitosa, também crê que o estado não seria teria o volume atual de investimentos sem a Copa. "Um dos grandes legados do Mundial é acelerar o aporte de investimentos para Fortaleza e para o estado. Em ritmo normal, caso a cidade não tivesse sido contemplada como sede, o volume de recursos e a velocidade desse repasses seriam menores".

Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil






You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Cidades-sede aproveitarão a Copa para consolidar turismo

Esporte



Cidades-sede aproveitarão a Copa para consolidar turismo
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-18/cidades-sede-aproveitarao-copa-para-consolidar-turismo
Jan 18th 2014, 09:57


Pedro Peduzzi e Marcelo Brandão

Repórteres da Agência Brasil
Brasília - O turismo e a capacitação profissional foram apontados por pessoas envolvidas com a Copa do Mundo, nas cidades-sede, como os grandes benefícios que o evento proporcionará. A maioria delas citou um dos dois ou até ambos os pontos como melhorias significativas em seus respectivos estados.
O incremento turístico foi um dos principais legados em cidades como Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza. "O turismo também se desenvolve muito [com a Copa]. Fortaleza já é um destino consolidado no Brasil. A nossa meta é aproveitar a exposição para reforçar o nosso perfil em escala mundial", explicou o secretário especial da Copa 2014 no Ceará, Ferruccio Feitosa.
O coordenador do Laboratório de Gestão do Esporte, da Universidade de Brasília (UnB), Paulo Henrique Azevedo, acredita nos benefícios do turismo com a Copa Mundo. Para ele, o Brasil pode implantar uma agenda turística mais consistente. "O turismo vai ser implantado de maneira definitiva, o que não ocorre se você parar para pensar. Só a cidade de Paris recebe muito mais turistas, por ano, do que todo o Brasil. Com a Copa, poderemos atrair mais negócios".
Já a capacitação profissional foi apontada por especialistas de Fortaleza, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Manaus e Salvador, como outro importante benefício para a Copa. As opiniões, em geral, se baseiam nos vários programas de ensino de idiomas e ofícios relacionados ao atendimento a turistas, como recepcionista, garçom e organizador de eventos, entre outros. Profissionais que acompanham os legados das obras da Copa em Natal, em Curitiba e em Cuiabá, também foram contatados pela reportagem, mas não responderam.
O coordenador da UnB reconhece a importância dos programas de capacitação, mas discorda sobre esse ser um legado de destaque. "O número de pessoas capacitadas não é impactante na economia brasileira e não sabemos se esses programas vão continuar após o evento. Será que depois da Copa as organizações empresariais vão dar segmento a esse projeto?".
Entre os outros benefícios lembrados estão as obras no sistema de mobilidade urbana, o contato com culturas de outros países e a visibilidade internacional que o evento proporcionará. "Após o sorteio dos grupos do Mundial, a Fifa [Federação Intenacional de Futebol] e a Embratur – Empresa Brasileira de Turismo - trouxeram jornalistas de agências de notícias de vários países para Porto Alegre. Eles estiveram aqui para levar informações sobre a cultura da cidade, dando uma visibilidade incrível à capital gaúcha", disse secretário extraordinário da Copa em Porto Alegre, João Bosco Vaz.

Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Infraestrutura será o maior legado da Copa, avalia Sinaenco

Esporte



Infraestrutura será o maior legado da Copa, avalia Sinaenco
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-18/infraestrutura-sera-maior-legado-da-copa-avalia-sinaenco
Jan 18th 2014, 09:24


Pedro Peduzzi e Marcelo Brandão

Repórteres da Agência Brasil
Brasília – A menos de cinco meses da Copa do Mundo, o Brasil entra na reta final dos preparativos. Apesar de não ter desenvolvido um plano de infraestrutura capaz de beneficiar todas as cidades-sede da forma como parte da população esperava, haverá ganhos segundo as avaliações do Sindicato Nacional da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco) e do Ministério do Esporte.
Para o governo federal, até a frustração com os legados das obras resultaram em algo positivo, já que as manifestações ocorridas durante a Copa das Confederações foram apontadas como a retomada do exercício de cidadania pelos brasileiros.
"Essas manifestações fizeram da mobilidade urbana a pauta da década e o grande desafio para dar qualidade de vida às cidades brasileiras. E isso já chegou [aos ouvidos] do governo federal", disse à Agência Brasil o vice-presidente do Sinaenco, João Alberto Viol. Ele acrescentou que a decisão de fazer a Copa do Mundo no Brasil, possibilitou a discussão dos problemas do país.
Viol ressaltou que um dos aspectos principais desses debates foi a falta de mobilidade urbana. "A sociedade já sentia isso, como bem mostraram as manifestações. Esse é, há alguns anos, o maior problema das cidades brasileiras", acrescentou.
Para o vice-presidente do Sinaenco – que durante a gestão na presidência do sindicato desenvolveu um trabalho de acompanhamento das obras relacionadas à Copa de 2014 – o país não fez "totalmente a lição de casa", ao não elaborar um plano de infraestrutura, que deveria ter sido avaliado e cumprido de forma mais satisfatória.
"Ainda que não tenhamos conseguido êxito em um grande número de obras, inicialmente previstas, haverá, sim, benefícios à população. Até o início dos jogos podemos esperar a conclusão de algumas obras de mobilidade", disse João Alberto Viol. "Mas é muito importante que as obras de mobilidade continuem, mesmo que depois da Copa. Não se pode esperar algo que não seja isso", enfatizou.
Entre as obras que o Sinaenco destaca como maiores legados para o país estão os aeroportos, os estádios, terminais portuários destinados aos turistas e a antecipação da tecnologia de quarta geração para a telefonia móvel (4G).
"Os seis portos [Natal, Fortaleza, Manaus, Recife, Salvador e Santos], que eram de carga e foram reformados para receber passageiros, estão entre as obras previstas para a Copa. Certamente não serão tão usados durante o evento porque os navios de cruzeiro estarão na Europa, onde será alta temporada. Mas isso não tira deles a importância como legado, já que vão potencializar bastante o turismo no país", argumenta o integrante do Sinaenco.
Muitas obras em aeroportos ficarão apenas parcialmente prontas até junho e tanto o Sinaenco como a Infraero não acreditam em maiores problemas para os usuários. "Ainda que alguns aeroportos fiquem devendo, isso provavelmente não implicará em riscos de comprometimento dos jogos. Já temos um histórico de grandes eventos nacionais que ampliam bastante a demanda por voos, com picos até maiores do que o esperado para a Copa", disse Viol.
Para evitar maiores problemas, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciou que está redefinindo a malha de voos regulares para o período da Copa. A empresa pretende garantir o atendimento das demandas específicas para o evento. Serão redistribuídos os slots (horários de pousos e decolagens) de 25 aeroportos. Doze deles nas cidades-sede e 13 localizados a uma distância de até 200 quilômetros dos locais dos jogos.
"Claro que poderemos ter situações de aeroportos superlotados e com as obras ainda não concluídas e pode ocorrer, eventualmente, alguns atrasos ou cancelamentos. Mas não será muito diferente do que já é nosso cotidiano. Mesmo que seja no sufoco, a situação será contornável", acrescentou. Entre os legados aeroportuários, o Sinaenco destaca o do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), que agregará mais 12 milhões de passageiros por ano aos atuais 35 milhões.
Já o Ministério do Esporte avalia que os legados não estão restritos às obras físicas e abrangem, também, o que classifica por legados "sociais" e "intangíveis". Entre os "legados sociais", representantes do ministério destacam as qualificações profissionais de milhares de brasileiros para recepcionar turistas estrangeiros e brasileiros.
"Só no Pronatec Copa, mais de 90 mil pessoas estão sendo capacitadas para atuar no Mundial. Sem contar as iniciativas individuais e de empresas privadas, como os cursos de línguas que hotéis estão oferecendo a seus trabalhadores", informou por meio de nota à Agência Brasil.
Entre os legados classificados como intangíveis - que não pode ser determinado com precisão -, os técnicos destacam o trabalho de integração de sistemas e ações das instituições de segurança dos estados e da União que permitirá, por exemplo, ações de controle de acesso em estradas e aeroportos, além do trabalho de inteligência. Foram investidos R$ 1,9 bilhão em equipamentos e na montagem de 14 centros de comando e controle (dois nacionais e 12 regionais) para integrar esses sistemas. Após a Copa do Mundo, esse legado terá, como destino, os órgãos de segurança.

Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Estádios que sediarão jogos da Copa arrecadaram R$ 176,5 mi em 2013

Esporte



Estádios que sediarão jogos da Copa arrecadaram R$ 176,5 mi em 2013
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-18/estadios-que-sediarao-jogos-da-copa-arrecadaram-r-1765-mi-em-2013
Jan 18th 2014, 09:33


Pedro Peduzzi e Marcelo Brandão

Repórteres da Agência Brasil
Brasília – Os R$ 8 bilhões gastos com a construção e a reforma dos estádios que sediarão os jogos da Copa do Mundo apresentaram, em 2013, os primeiros retornos financeiros. Dos 12 estádios que serão palco dos jogos, seis já estão prontos. Neles, foram arrecadados R$ 176,5 milhões apenas com a venda de ingressos para o Campeonato Brasileiro de 2013 – recorde histórico, após um aumento de 49% na comparação com a receita obtida no ano anterior. Nos 380 jogos do torneio, quase 6 milhões de torcedores pagaram ingresso, número 15% superior ao registrado em 2012.
Com a ajuda da Copa das Confederações, foram batidos também recordes no setor de turismo. Segundo o Ministério do Esporte, o país ultrapassou pela primeira vez a marca de 6 milhões de turistas no decorrer de 2013. A receita obtida a partir dos gastos dos turistas estrangeiros foi US$ 6,13 bilhões, entre janeiro e novembro, recorde histórico para o período.
Só com a venda de artesanato, foram movimentados R$ 2,7 milhões durante o período de jogos. Além disso, R$ 100 milhões em novos negócios foram gerados por micro e pequenas empresas brasileiras devido as obras e aos serviços gerados. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) fechou negócios da ordem de R$ 1,8 bilhão no Projeto Copa, durante o torneio de 2013. A ação reuniu 1,4 mil empresários.
O Brasil contabilizou, durante o evento, ganhos que provavelmente serão batidos durante a Copa do Mundo. Tendo por base levantamento da empresa Ernst & Young, o ministério estima que a preparação da Copa do Mundo movimentará, entre 2010 e 2014, R$ 142,39 bilhões adicionais na economia nacional, gerando 3,63 milhões de empregos e R$ 63,48 bilhões de renda para a população.
Segundo o ministério, foram gerados 24,5 mil empregos diretos com a construção das seis arenas utilizadas na Copa das Confederações. As novas arenas têm o conceito multiuso, com espaços para shows, restaurantes, centros de convenções, feiras, exposições e permitirão várias outras fontes de recursos e possibilidades de uso.
"Na comparação com os estádios de outros países, os nossos estão entre os mais modernos e avançados. No entanto, estão também entre os mais caros, com o custo, por acento, entre os mais altos do mundo", disse à Agência Brasil o vice-presidente do Sindicato Nacional da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco), João Alberto Viol.
Estudo do Sinaenco mostra que de todas as obras previstas na Matriz da Copa, os estádios foram os que apresentaram maior aumento de custo. Ao longo de quatro anos, a previsão de gastos com os estádios passou de R$ 5,66 bilhões para os atuais R$ 8 bilhões.
Em termos absolutos, a obra mais cara foi a construção do Estádio Nacional Mané Garrincha (R$1,4 bilhão), em Brasília. Há quatro anos, a previsão era que o estádio custaria R$ 745,3 milhões, um sobrepreço de 88,3%. Em segundo lugar, está a reforma do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (R$ 1,05 bilhão). Antes, a expectativa era que a obra fosse feita por R$ 600 milhões – sobrepreço de 75%.
Cinco estádios estão entre as dez obras previstas na Matriz da Copa que apresentaram, em termos proporcionais, maior sobrepreço. O Beira Rio ocupa a terceira colocação nesse ranking, com um aumento de 153,8% em relação ao preço inicial, passando de R$ 130 milhões para R$ 330 milhões. Em sexto lugar está o estádio de Brasília; em sétimo o Arena da Baixada, em Curitiba, com um aumento de 77,1% (passando de R$ 184,5 milhões para R$ 326,7 milhões); em oitavo o Maracanã; e em décimo o Mineirão (63,1%), que passou de R$ 426,1 milhões para R$ 695 milhões.
Apesar de altos, esses gastos representaram mudança radical em um cenário que, em 2007, era de estádios construídos entre as décadas de 1960 e 1970. "Estavam aos pedaços. Agora temos 15 estádios de primeira linha: os 12 destinados aos jogos e, ainda, o do Palmeiras e o do Grêmio, além do [Estádio] Independência, em Minas Gerais", avalia o integrante do Sinaenco. Ele não vê grandes riscos de atrasos nas obras, "até porque, como são essenciais para o evento, eles foram a grande preocupação do governo federal".
De acordo com o Ministério do Esporte, as obras nos seis estádios remanescentes serão entregues a tempo. A previsão é concluir, ainda em janeiro, as obras dos estádios Arena das Dunas, em Natal, e do Beira Rio, em Porto Alegre. A Arena Pantanal, em Cuiabá, será concluída até o fim de fevereiro, e a Arena da Baixada, em Curitiba, será finalizada entre fevereiro e março. O último estádio a ser concluído será o Itaquerão, em São Paulo, na primeira quinzena de abril."


Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Torcida Força Jovem do Vasco está proibida de frequentar estádios de futebol durante um ano

17 de janeiro de 2014

Esporte



Torcida Força Jovem do Vasco está proibida de frequentar estádios de futebol durante um ano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/torcida-forca-jovem-do-vasco-esta-proibida-de-frequentar-estadios-de-futebol-durante-um-ano
Jan 17th 2014, 20:47

Douglas Corrêa

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - A Justiça do Rio proibiu hoje (17) a torcida organizada Força Jovem do Vasco (FJV) de frequentar jogos de futebol e eventos esportivos durante um ano. A decisão do juiz da 1ª Vara Empresarial da Capital, Luiz Roberto Ayoub, passa a valer já na estreia do Vasco no Campeonato Carioca, neste sábado (18), às 19h30, na partida contra o Boavista, no Estádio São Januário.
A decisão foi tomada com base em uma ação ajuizada pelo Ministério Público (MP) do Rio após os atos de violência cometidos por integrantes da FJV na partida do Vasco contra o Atlético Paranaense na última rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol, no ano passado. O jogo ocorreu em Joinville, em Santa Catarina.
Ayoub também determinou que os integrantes da Força Jovem e outros denunciados pelo MP compareçam à delegacia mais próxima da residência, ou outro local indicado pelo Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), 15 minutos antes dos jogos. Eles só poderão deixar o local 30 minutos após o término da partida. Se descumprirem a decisão, cada réu terá que pagar multa de R$ 2 mil por ocorrência. A medida ainda cabe recurso.
Caso descumpra a decisão, a FJV terá que pagar multa de R$ 10 mil (jogos de futebol) e R$ 5 mil (eventos esportivos). O integrante da torcida que desobedecer será retirado de forma compulsória do local e vai responder pelo crime de desobediência.
A Força Jovem do Vasco também foi intimada a entregar um cadastro com a relação de todos os associados. O objetivo é cruzar esses dados com a relação de denunciados pelo MP. A torcida tem cinco dias para entregar a lista com os nomes.


Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Fifa e COL fazem última vistoria conjunta no Maracanã antes da Copa

16 de janeiro de 2014

Esporte



Fifa e COL fazem última vistoria conjunta no Maracanã antes da Copa
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-16/fifa-e-col-fazem-ultima-vistoria-conjunta-no-maracana-antes-da-copa
Jan 16th 2014, 12:58

Vinícius Lisboa

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro- Representantes do Comitê Organizador Local (COL) e da Federação Internacional de Futebol (Fifa) fizeram hoje (16) a última visita conjunta ao Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, antes da Copa do Mundo. Cerca de 70 pessoas vistoriaram 19 áreas do estádio e discutiram melhorias operacionais e adaptações logísticas a partir da experiência com a Copa das Confederações, considerada um evento teste.
"Não há o que mudar, e sim o que melhorar ou aumentar. O objetivo é analisar as estruturas da Copa das Confederações, que funcionarão de forma diferente ou maior na Copa do Mundo", disse Tiago Paz, gerente-geral de integração operacional do COL. Apesar de ser a última visita conjunta, o estádio deve continuar a ser vistoriado pelos órgãos envolvidos na copa separadamente, tornando as visitas praticamente diárias, explicou Tiago Paz.
O mesmo tipo de vistoria será feita aos outros cinco estádios usados na competição do ano passado. O primeiro será a Arena Castelão, de Fortaleza, amanhã (17), seguido pela Arena Pernambuco, em Recife, no dia 18, e a Arena Fonte Nova, em Salvador, no dia 20. O Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, será vistoriado no dia 21, e o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha encerrará o ciclo de visitas no dia 22. Os outros seis estádios que sediarão jogos da Copa - de São Paulo, Manaus, Belém, Curitiba, Porto Alegre e Natal - serão visitados em março.
Uma das principais preocupações em termos de adaptação é a Vila de Hospitalidade, que vai atender aos convidados de patrocinadores, antes e depois dos jogos, com serviços como banheiro e alimentação. No caso do Maracanã, o equipamento ficará na Avenida Visconde de Niterói, do outro lado da linha do trem, e será construída com estruturas provisórias em frente à Quinta da Boa Vista, em área cedida pelo Exército.
Outras adaptações dizem respeito à recepção de autoridades e acomodação da imprensa, que virão em maior número que na Copa das Confederações. Para os jornalistas, haverá ampliação do centro de mídia em 300 lugares . Além disso, a tribuna da imprensa, usada durante os jogos, terá 2,1 mil lugares, em vez dos 1,6 mil que tinha na competição anterior.
O Comitê Organizador Local e a Fifa assumirão o controle do estádio 21 dias antes do jogo Argentina e Bósnia, em 15 de junho, o primeiro sediado no Maracanã. Até lá, ele continua a receber jogos locais, como os do campeonato carioca, que começa ainda neste mês. Durante o período, a Fifa e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) "discutirão continuamente" a quantidade de jogos que o estádio vai receber por mês, mas a decisão caberá ao órgão brasileiro, segundo Chris Unger, chefe do departamento de operações da Fifa para a Copa do Mundo de 2014.
Estruturas que deveriam ser demolidas, mas foram mantidas após manifestações populares, como o Parque Aquático Júlio Delamare e o Estádio de Atletismo Célio de Barros, também serão usadas durante a competição. O parque será usado como local de preparação de dançarinos e voluntários na final, e o segundo centro esportivo abrigará equipamentos e material da área de segurança.
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Fifa e COL fazem última vistoria conjunta no Maracanã antes da Copa

Esporte



Fifa e COL fazem última vistoria conjunta no Maracanã antes da Copa
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2014-01-16/fifa-e-col-fazem-ultima-vistoria-conjunta-no-maracana-antes-da-copa
Jan 16th 2014, 13:22

Rio de Janeiro - O Estádio Mário Filho, o Maracanã, recebe a visita de representantes da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL), com o objetivo de prever a operação nos estádios para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014

Rio de Janeiro - O Estádio Mário Filho, o Maracanã, recebe a visita de representantes da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL), com o objetivo de prever a operação nos estádios para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. Na foto o chefe do Departamento de Operações da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, Chris Unger e o gerente-geral de Integração Operacional do COL, Tiago PaesRio de Janeiro - O Estádio Mário Filho, o Maracanã, recebe a visita de representantes da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL), com o objetivo de prever a operação nos estádios para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. Na foto o gerente-geral de Integração Operacional do COL, Tiago PaesRio de Janeiro - O Estádio Mário Filho, o Maracanã, recebe a visita de representantes da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL), com o objetivo de prever a operação nos estádios para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Programa de voluntários para a Copa reabre inscrições

14 de janeiro de 2014

Esporte



Programa de voluntários para a Copa reabre inscrições
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-14/programa-de-voluntarios-para-copa-reabre-inscricoes
Jan 14th 2014, 15:50


Paulo Victor Chagas

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A presidenta Dilma Rousseff disse que o Programa Brasil Voluntário, que vai selecionar interessados em auxiliar a estrutura da Copa do Mundo, reabriu hoje (14) as inscrições. O cadastro para treinamento e seleção dos candidatos está disponível até 6 de março no site do programa.
Por meio de sua conta no Twitter, a presidenta disse que o Brasil Voluntário vai ajudar torcedores e turistas em aeroportos, entornos dos estádios e eventos públicos. Dilma também lembrou que quem quiser se inscrever para as 1.500 vagas precisa ter mais de 18 anos e disponibilidade para trabalhar no mínimo sete dias, seguidos ou intercalados.
A participação dos aprovados no programa se dará também em áreas de mobilidade urbana, como terminais de ônibus e estações de metrô, e nos centros abertos de mídia. O treinamento será feito pela Universidade de Brasília e os selecionados terão direito, durante a prestação do trabalho voluntário, a uniforme, transporte, alimentação e seguro de vida, correspondentes aos dias de atuação nas cidades-sede.
Caso o voluntário more em outra cidade, ele deve arcar com os custos de transporte e hospedagem durante a atuação no programa. Os jogos ocorrerão de 12 de junho a 13 de julho nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, do Recife, Rio de Janeiro, de Salvador e São Paulo.

Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Fifa presta homenagem a Pelé com prêmio inédito

13 de janeiro de 2014

Esporte



Fifa presta homenagem a Pelé com prêmio inédito
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-13/fifa-presta-homenagem-pele-com-premio-inedito
Jan 13th 2014, 18:48

Da Agência Brasil
Brasília – Pelé foi homenageado pela Fifa nesta segunda-feira (13), durante a cerimônia de premiação dos melhores jogadores do ano, em Zurique, na Suíça. A Fifa e a revista France Football concederam a Pelé a Bola de Ouro, uma homenagem ao melhor jogador de todos os tempos.
O prêmio, criado em 1956 pela revista francesa, era dado a jogadores que se destacavam em campeonatos europeus. Depois de unificar a premiação com a Fifa, em 2010, passou a premiar jogadores do mundo todo. Pelé encerrou a carreira em 1977. Agora em 2013, pela primeira vez, a entidade máxima do futebol concedeu um prêmio de honra e o escolhido foi o Rei do Futebol.
Aplaudido de pé, Pelé ficou emocionado com o reconhecimento, e disse que acabara de receber o único prêmio individual que ainda não havia conquistado. "Recebi tantos prêmios, só que eu tinha ciúmes, porque todos recebiam a Bola de Ouro, mas não tinha prêmio para sul-americanos. Agora posso dizer que completei minha coleção."
A cerimônia apresentada pela atriz brasileira, Fernanda Lima, e o ex-jogador Ruud Gullit, escolheu o atacante português Cristiano Ronaldo como o melhor jogador do mundo da última temporada. Ele ficou à frente do francês Franck Ribéry e do campeão dos últimos quatro anos, o argentino Lionel Messi.
Um gol de bicicleta de fora da área contra a Inglaterra, deu ao sueco Zlatan Ibrahimovic o Prêmio Puskas de Gol Mais Bonito de 2013. O atacante superou o brasileiro Neymar e o sérvio Nemanja.
A Fifa apresentou um vídeo com as cidades-sede da Copa do Mundo no Brasil em 2014 e homenageou o ex-jogador Eusébio, morto na semana passada aos 71 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

Edição: Beto Coura
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Justiça paulista suspende decisão que rebaixou a Portuguesa no Campeonato Brasileiro

10 de janeiro de 2014

Esporte



Justiça paulista suspende decisão que rebaixou a Portuguesa no Campeonato Brasileiro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-10/justica-paulista-suspende-decisao-que-rebaixou-portuguesa-no-campeonato-brasileiro
Jan 10th 2014, 20:20


Daniel Mello

Repórter da Agência Brasil
São Paulo – A Justiça de São Paulo suspendeu hoje (10) a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que rebaixou a Associação Portuguesa de Desportos para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol.
A decisão liminar foi concedida pelo juiz Marcello do Amaral Perino da 42ª Vara Cível, em ação impetrada por um torcedor. Com a decisão, o Fluminense cai para a segunda divisão.
No entendimento do magistrado, a decisão do STJD que retirou os pontos da Portuguesa no Campeonato Brasileiro de 2013 não respeitou o artigo 35 do Estatuto do Torcedor.
Pela legislação, a suspensão do atleta Héverton deveria ter sido divulgada na internet antes do jogo contra o Grêmio, em 9 de dezembro, para ter validade. Assim, a atuação do jogador na partida foi considerada legal.


Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Dilma vai inaugurar a Arena das Dunas em Natal

9 de janeiro de 2014

Esporte



Dilma vai inaugurar a Arena das Dunas em Natal
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-09/dilma-vai-inaugurar-arena-das-dunas-em-natal
Jan 9th 2014, 18:04

Paulo Victor Chagas

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A presidenta Dilma Rousseff inaugura no próximo dia 22 a Arena das Dunas, em Natal, um dos estádios da Copa do Mundo. O anúncio foi feito na tarde de hoje (9) pela governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, e confirmado pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.
Este será o primeiro estádio a ser inaugurado em 2014, dos seis que ainda não foram concluídos para o Mundial. Ao todo, 12 capitais brasileiras sediarão a Copa. A arena de Curitiba deve ser a próxima, segundo a Federação Internacional de Futebol (Fifa) e o Comitê Organizador Local. Os estádios de Cuiabá, Manaus e Porto Alegre estão na lista.

Edição: Beto Coura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Atletas pedem no Rio reabertura do Estádio de Atletismo Célio de Barros

Esporte



Atletas pedem no Rio reabertura do Estádio de Atletismo Célio de Barros
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-09/atletas-pedem-no-rio-reabertura-do-estadio-de-atletismo-celio-de-barros
Jan 9th 2014, 14:14

Da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Atletas e ex-atletas fizeram hoje (9) um ato simbólico para pedir a reforma e reabertura do Estádio de Atletismo Célio de Barros, localizado no Complexo Maracanã, na zona norte da capital fluminense. O estádio foi fechado há um ano e iria ser transformado em um estacionamento do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã.
Na ação, chamada Sem-Teto do Atletismo Rumo às Olimpíadas de 2016, os manifestantes colaram cartazes e faixas na grade lateral do Estádio de Atletismo e fizeram um treino leve na ciclovia em volta do Complexo Maracanã como forma de protesto. Após o fechamento do centro de treinamento, os alunos e atletas passaram a treinar na Quinta da Boa Vista, no Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), e em torno do Maracanã, todos na zona norte da cidade. O transporte dos atletas está sendo feito por ônibus públicos.
O representante do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro, Renato Cosentino, disse que serão necessárias muitas obras de reforma para que o Célio de Barros volte a ser usado. É preciso reconstruir a pista de corrida e fazer a manutenção dos equipamentos.
"O Célio de Barros é um símbolo do atletismo nacional. Já passou um ano e os atletas continuam sem lugar para treinar. Você está em um país que vai sediar as Olimpíadas e os atletas olímpicos, promessas olímpicas, não têm um lugar para treinar no Rio de Janeiro. O Célio de Barros é o único estádio de atletismo do estado que suporta todas as modalidades do esporte", disse o representante.
Ele conta que alguns atletas do Célio de Barros e do Parque Aquático Júlio Delamare – localizado no Complexo Maracanã e que ficou sete meses fechado – estão treinando por conta própria em diferentes lugares do mundo. "Depois que fecharam o local de treinamento do César Castro [atleta de saltos ornamentais], ele foi treinar no Canadá. Agora ele está treinando nos Estados Unidos. É um atleta olímpico que se preparava para a quarta olimpíada, a primeira no Rio de Janeiro, e está treinando nos Estados Unidos para vir jogar os Jogos Olímpicos aqui. Para todas as outras olimpíadas ele se preparou no Julio Delamare", concluiu Cosentino.
O atleta e estudante Nathan Levy, 15 anos, disse que depois que o Célio de Barros foi fechado ficou muito difícil a locomoção para o fazer o treinamento devido a distância. O atleta mora em Santa Teresa, na região central da cidade, estuda em Madureira, na zona norte, e treina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e no Engenhão, ambos na zona norte.
"Antes eu levava dez minutos da UFRJ para o Célio de Barros, agora, levo uma hora. Era o melhor centro de treinamento que tinha aqui no Rio. Não era só a gente que vinha, outras equipes vinham treinar aqui. As competições eram aqui, os treinamentos eram aqui. Todo mundo evoluía junto. Quando a gente ia para uma competição fora, a gente conseguia se destacar", disse o atleta que sonha em participar das Olimpíadas 2016.
Por meio de nota, o governo do estado informou que ajustou o contrato de concessão com a Concessionária Maracanã S/A, na segunda-feira (6), para obrigar a empresa a reformar o Estádio Célio de Barros.
Edição: Talita Cavalcante
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Estádio de Atletismo Célio de Barros, no Maracanã, ainda tem destino incerto

5 de janeiro de 2014

Esporte



Estádio de Atletismo Célio de Barros, no Maracanã, ainda tem destino incerto
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-05/estadio-de-atletismo-celio-de-barros-no-maracana-ainda-tem-destino-incerto
Jan 5th 2014, 14:28


Akemi Nitahara

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – Apesar dos avanços conseguidos com a mobilização social, o Estádio de Atletismo Célio de Barros, no entorno do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, ainda não tem destino definido. O projeto original de concessão do estádio previa a sua demolição, junto com o Parque Aquático Júlio de Lamare, a Escola Municipal Friedenheich e o antigo prédio do Museu do Índio.
O Célio de Barros foi fechado em março, e, após as manifestações ao longo do ano, o governador Sérgio Cabral anunciou as mudanças de planos, desistindo da demolição. O representante do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas, Demian Castro, disse que a demolição do estádio de atletismo nunca foi debatida com os usuários. "A gente quer que isso seja debatido com as pessoas que vivenciam. Os atletas do Célio de Barros não foram consultados em nenhum momento e não sabem quando que o Célio de Barros vai ser reaberto", declarou.
O professor e atleta máster Adalberto Rabelo, que dá aulas no Célio de Barros desde 1983, explica que a pista foi destruída para servir de canteiro de obras do Maracanã. "Está muito difícil, há a promessa da reconstrução, mas só a promessa. E nós estamos aqui clamando pelo governador, pelas autoridades, pelos responsáveis pelas obras do Maracanã, que reconstruam o nosso estádio, isso é um patrimônio histórico do atletismo nacional, nós podemos dizer que lá nasceu o atletismo nacional".
De acordo com ele, os atletas ficaram sem local de treinamento desde que o equipamento foi fechado. "Tanto espaço para fazer obra e foram fazer no nosso estádio, prejudicando o treinamento de muitos atletas de altíssimo nível, tanto atleta adulto como o infantil e juvenil, e também o atleta máster, todos prejudicados e sem local para treinar", disse Rabelo.
O presidente da Federação de Atletismo do Estado do Rio de Janeiro (Farj), Alberto Lancetta, lembra que o Célio de Barros não foi demolido como previsto originalmente, mas está inviável. "Só não destruíram mais porque eu entrei com uma liminar. Daí o Ministério Público os obrigou a pararem, porque eles destruíram a minha torre de controle com aparelhagem eletrônica, destruíram a gaiola de arremesso e lançamento, aí eu fiz um boletim de ocorrência, fui à polícia, entrei no Ministério Público. Aí eles tiveram que voltar atrás, foi por isso, porque eles iam acabar com o estádio", declarou.
A Casa Civil do governo fluminense informou que está em "tratativas com o Ministério do Esporte para transferência de recursos a fim de reformar o Célio de Barros", mas que a obra vai precisar de projeto e de licitação, portanto, só poderá ser executada "a partir de julho de 2014, após o fim da Copa do Mundo".

Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Ex-jogador Eusébio morre em Lisboa, aos 71 anos

Esporte



Ex-jogador Eusébio morre em Lisboa, aos 71 anos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-05/ex-jogador-eusebio-morre-em-lisboa-aos-71-anos
Jan 5th 2014, 15:18


Agência Lusa

Brasília – O ex-jogador Eusébio da Silva Ferreira – maior expoente de todos os tempos da Seleção de Futebol de Portugal – morreu às 4h30 de hoje (5), em Lisboa, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Ele já apresentava sinais de saúde debilitada desde que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em junho de 2012.
O Pantera Negra, como era conhecido no mundo futebol, teve carreira profissional quase toda no clube Benfica, de Lisboa, e na seleção portuguesa. Foi eleito o melhor jogador do mundo em 1965, quando ganhou a Bola de Ouro, e escolhido Bota de Ouro em 1968 e em 1973.
Na Copa do Mundo de Futebol de 1966, na Inglaterra, foi considerado o melhor jogador da competição, quando marcou nove gols, levando o time de Portugal ao terceiro lugar da Copa.
Eusébio nasceu em 25 de janeiro de 1942, na cidade de São Lourenço Marques (atual Maputo), em Moçambique, na África – ex-colônia portuguesa.
O corpo do jogador de futebol mais aclamado pelos portugueses está sendo velado em câmara ardente, no Estádio da Luz, e o funeral está marcado para as 17h de amanhã (6) no Cemitério do Lumiar.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/sW/JDlFfT

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni